Aparelhos poupadores de água

Devido ao crescimento demográfico e econômico de alguns países, a demanda de água vem aumentando, agravando ainda mais a problemática da água – escassez e qualidade.

Hoje abordaremos sobre os aparelhos poupadores de água que são medidas não convencionais de conservação desse recurso, a fim de racionalizar a gestão da água. 

Nesse âmbito, vale ressaltar o conceito de gestão de demanda: toda e qualquer medida voltada a reduzir o consumo de água final dos usuários, sem prejuízo dos atributos de higiene e conforto dos sistemas originais.

A seguir, falaremos sobre as principais destas tecnologias disponíveis.

Bacias sanitárias

No Brasil, os tipos de bacias sanitárias mais utilizados são aqueles com válvula de descarga e com caixa acoplada. A primeira traz a água direto do reservatório para ser lançada no vaso sanitário, apresenta um consumo médio de 12 litros por descarga e, tratando-se de sustentabilidade, seu uso apenas se mostra justificado em locais com grande demanda de acionamento.

Por outro lado, as caixas acopladas funcionam como um reservatório de água exclusivo para o aparelho sanitário e, em média, armazenam 6 litros de água. A sua desvantagem diz respeito à necessidade de aguardar o tempo de enchimento da caixa para que se possa realizar a descarga seguinte.

Diferenças entre bacias sanitárias com válvula de descarga e com caixa acoplada.

Além desses, existem modelos que apresentem maior economia de água:

  • Descarga Dual: pode-se escolher dois volumes de descarga na caixa acoplada (3 e 6 litros), sendo a metade do volume total – 3 L – utilizada apenas para rejeitos líquidos.
Descarga dual com acionamento para 3 e 6 litros.
  • Descarga econômica: utiliza apenas 2 L de água por acionamento. O vaso usa um basculante que despeja os dejetos diretamente no canal do esgoto do edifício, sem uso de sifonagem, por meio da própria dinâmica da água e sem uso de eletricidade. Nesse modelo, o fecho hídrico precisa apenas de 200 mL de água para operar.
Bacia sanitária com descarga econômica, cujo fecho hídrico tem apenas 200 mL de água.
  • Descarga a vácuo: esse tipo de bacia usa 1,5 L de água por descarga, apenas para lavagem da superfície interna e do poço da bacia. No entanto, consome energia elétrica para funcionamento da bomba a vácuo e demais componentes.
Bacia sanitária com descarga a vácuo.
  • Bacia sanitária com pia acoplada: nesse caso, haveria economia de até 100%, pois a água utilizada no vaso viria diretamente da água já utilizada no lavatório (se o volume for suficiente). Esse modelo pode incorporar também o sistema descarga dual, para maior economia de água.
Bacia sanitária com pia acoplada.

Mictórios

Embora não sejam comuns no ambiente domiciliar, os mictórios são mais comuns em empreendimentos coletivos, onde o grande número de usuários leva a uma maior utilização das instalações hidrossanitárias.

Como regra geral, os mictórios apresentam redução de até 66% em relação aos vasos sanitários de válvula de descarga: de 12L/uso para 4L/uso, representando assim uma boa fonte de economia!

Porém, existem opções disponíveis para a redução do consumo de água.

  • Mictório de funcionamento fotoelétrico: similar às torneiras com sensores automáticos, o fluxo de descarga é liberado quando o usuário se afasta do aparelho. Consumo: 1,2L.
Mictório de funcionamento fotoelétrico.
  • Mictório de funcionamento hidromecânico: o acionamento é feito por botões verticais ou horizontais, que encerram o fluxo após um tempo predeterminado (6 a 10s). Consumo: 1,2L.

  • Mictório sem água: nesta alternativa, um cartucho contendo um gel selante acumula a urina e a encaminha para a tubulação de esgoto, sem necessidade da água para fazer o fecho hídrico. O próprio gel contido no cartucho evita a saída de odores. Consumo: 0L (mas deve ser observado o consumo do gel do cartucho!).
  • Mictório com pia acoplada: uma alternativa mais inusitada do que realmente eficiente, o foco do aparelho está mais relacionado a incentivar a higiene pessoal, embora possa economizar até 100% da água que seria utilizada na descarga. Consumo: 0L.
Mictório com pia acoplada.

Torneiras 

As torneiras também são grandes fontes de desperdício, portanto, a utilização de alguns aparelhos poupadores podem gerar impactos interessantes na economia de água de uma residência.

  • Torneiras com funcionamento hidromecânico: Esse modelo de torneira vem se tornando cada vez mais popular em departamentos públicos e empreendimentos de grande circulação de pessoas. Consiste em um mecanismo acionado por meio de um leve toque que libera o fluxo de água, fechando automaticamente após um determinado tempo. Este tipo de torneira pode chegar a uma economia de 77% quando comparada a torneiras convencionais.
Torneira com funcionamento hidromecânico.
  • Torneiras eletrônicas: Estas possuem um sistema elétrico ou bateria e seu acionamento ocorre através de um sensor, geralmente infravermelho, localizado na torneira ou na parede. O fluxo de água é encerrado quando o usuário distancia as mãos do sensor, tornando bastante eficiente o período de utilização da torneira. A economia de água ao utilizar este tipo de torneira pode chegar a 80%!

  • Restritores de vazão: os restritores são dispositivos de controle de vazão instalados na saída do ponto de utilização. Após instalados conseguem reduzir a vazão em até 60%, impactando no consumo de água. Assistam abaixo um vídeo bastante ilustrativo da empresa Blukit sobre o funcionamento do restritor de vazão!
  • Arejadores: De fácil instalação, estes dispositivos misturam o ar à água, diminuindo o fluxo, mas mantendo a sensação de volume e direcionando o jato. Em alguns modelos podem gerar economia de até 80%. 
Torneiras com arejadores.

Chuveiros

Esse é o equipamento convencional destinado a banho e higiene pessoais e sua água pode ser aquecida (chuveiro elétrico) ou não. Além disso, existem aparelhos com dispositivos poupadores de água, reduzindo a demanda de água na natureza e a conta na sua casa!

Entre esses aparelhos têm-se o chuveiro com acionamento hidromecânico e o chuveiro com restritor de vazão.

Os chuveiros com acionamento hidromecânico (temporizadores) podem ser utilizados tanto para duchas com mistura de água fria e quente, quanto para os chuveiros elétricos. Seu funcionamento consiste em um processo hidromecânico com uma válvula de fechamento automático, ou seja, após certo tempo de uso (regulado de fábrica) o chuveiro é fechado. 

Chuveiro com acionamento hidromecânico.

Já os chuveiros restritores de vazão podem ser utilizados nos chuveiros com aquecimento central. Podem ser encontrados nas versões de 8, 14 e 16 L/min e devem ser utilizados com pressão superior a 10 mca.

Chuveiro com restritor de vazão.

Quanto à economia de água desses equipamentos em relação ao convencional, tem-se uma redução de até 80% para os restritores de vazão e de 30% em locais de baixa pressão (até 6 mca) e de 62% em locais de alta pressão (15 a 20 mca) para os temporizadores. 


Apesar da aparente abundância desse recurso hídrico, ocorre um desequilíbrio entre oferta e consumo. Em razão disso, diversas tecnologias estão disponíveis no mercado e a cada dia surgem novos aparelhos.

Portanto, a utilização dos poupadores deve partir da consciência dos usuários, baseada na importância ambiental, assim como na racionalização do consumo de água. E nós, como engenheiros, não podemos deixar de destacar a importância do seu uso, tanto para a natureza, quanto para o bolso dos nossos clientes.

Veja também!

Dispositivos poupadores de água em um sistema predial: análise de viabilidade técnico-econômica de implementação no Instituto de Pesquisa Hidráulica.

Gestão de Recursos Hídricos no Brasil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.